Mãe descobre que filhos adotivos são irmãos biológicos

Mulher adotou duas crianças em um intervalo de mais de um ano e meio

por Victor Gouveia sex, 11/01/2019 - 10:14
Arquivo pessoal Katie e seus dois filhos, Grayson e Hannah Arquivo pessoal

Coincidência ou milagre? Uma mãe dos Estados Unidos descobriu que seus dois filhos adotivos são irmãos. Após o divórcio, Katie Page, de 35 anos, resolveu mudar drasticamente de vida, começou pelo emprego e depois foi a vez da residência. Com espaço de sobra na casa e no coração, resolveu se cadastrar no processo de adoção.

Ela revelou que concretizou a inscrição no Dia das Mães de 2015 e falou sobre o momento que surgiu a oportunidade de adotar seu primeiro filho no site Love What Matters. “Recebi uma mensagem de voz no celular, no meio do trabalho, era meu assistente social falando sobre um menino. Eu imediatamente liguei de volta e disse: ‘eu quero ele! Me dê cinco minutos e não ligue para mais ninguém’. Depois liguei freneticamente para minha mãe e pedi que viesse morar comigo para me ajudar nos próximos meses. Em apenas 24 horas, saí do hospital com um lindo e pequeno bebê de 4 dias”, finalizou.

Esse garotinho era Grayson, que hoje tem dois anos. Em um intervalo de mais de um ano e meio, ela decidiu adotar outra criança, dessa vez uma menininha. "Você pode fazer isso, você já fez isso antes", pensou Katie antes de acolher Hannah, com a diferença de um ano de idade. Em casa, ela percebeu que a condição médica e o hospital eram idênticos ao filho, foi quando surgiu o questionamento: "Eles poderiam ter a mesma mãe?’ Revi as pulseiras da menina, vi que o primeiro nome da mãe correspondia ao que a mãe do Grayson havia dado ao hospital". Após analisar a documentação, ela percebeu que a data de nascimento da mãe biológica das crianças era a mesma.

Ao pressionar o responsável pelos registros, Katie descobriu mais informações sobre a mãe das crianças e resolveu marcar uma reunião. Após uma visita, acompanhada da assistente social, elas conversaram e Katie confirmou a suspeita. “A assistente me ligou após a reunião e disse: ‘Acho que você está certa! Tenho 90% de certeza de que isso é um milagre. Cerca de 45 minutos depois, ela me ligou de volta e disse: 'Katie, agora tenho 100% de certeza. Acabamos de encontrar o sobrenome que ela deu com o nascimento de Grayson para um parente da menininha”.

Em publicação no site, ela escreveu: “E se eu tivesse dito não? E se eu tivesse dito sim para uma das outras colocações que me pediram para fazer alguns dias antes? E se Hannah tivesse ido para outra família? A conexão nunca teria sido feita! Eu não pude acreditar no milagre que acabara de acontecer! É incrível que meus filhos tenham se encontrado, declarou Katie.

COMENTÁRIOS dos leitores