Mais de 34,2 mil leitos foram inativados em 8 anos no país

As especialidades com maiores desativações de leitos em nível nacional são da psiquiatria, pediatria cirúrgica, obstetrícia e cirurgia geral

por Beatriz Gouvêa qui, 12/07/2018 - 16:44

Mais de 34,2 mil leitos de hospitais da rede pública foram inativados em oito anos. O Brasil tinha 336 mil leitos em maio de 2010, que eram para uso especial do Sistema Único de Saúde (SUS). Esse número caiu para 301 mil em 2018, o que simboliza uma média de 12 leitos desativados por dia durante esse período.

Nos últimos anos, mais de 8 mil itens foram inutilizados. Os dados são do Conselho Federal de Medicina (CFM) a partir de dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde do Ministério da Saúde.

As especialidades com maiores desativações de leitos em nível nacional são da psiquiatria, pediatria cirúrgica, obstetrícia e cirurgia geral. 

"A redução de leitos significa a diminuição de acesso a 150 milhões de brasileiros que recorrem ao SUS para atenção a saúde. Sem leitos de internação não há como o profissional médico prestar os seus cuidados ao paciente. Não podemos aceitar que pessoas deixem de ser atendidas por causa de leitos simples de internação", disse o presidente do CFM, Carlos Vital.

COMENTÁRIOS dos leitores