Enem: professores alertam que segundo dia é decisivo

Em tom motivacional, professores chamam a atenção dos candidatos que ficaram desanimados após o primeiro domingo do Enem

por Fábio Filho qua, 07/11/2018 - 14:41
Júlio Gomes/LeiaJá Imagens O vestibulando deve manter a confiança e o autocontrole para o segundo dia de provas Júlio Gomes/LeiaJá Imagens

Muitos estudantes podem se sentir desmotivados após um mal desempenho primeiro dia de aplicação de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Porém, professores alertam que o segundo dia, o próximo domingo (11), quando serão aplicadas as provas de matemática e Ciências da Natureza, pode ser decisivo para o resultado do vestibulando no Exame. Especialistas afirmam que os feras devem manter a concentração na segunda etapa do Enem e não se ater ao desempenho anterior.

De acordo com o professor de matemática Ricardo Rocha, a disciplina tem um peso considerável na nota final do Exame. O educador alerta que o segundo dia de provas pode ser um diferencial para os estudantes com facilidades na área de Humanas. “A disciplina de matemática equivale a 25% do Enem, então para o estudante com um conhecimento maior na área de Humanas, é um diferencial importante. Só a prova de matemática corresponde a um bloco de 45 questões, Natureza também tem 45, mas é dividida em três disciplinas. Matemática tem um peso considerável na área de Saúde também”, pontuou. O docente ainda destacou que “a prova de matemática está sendo bem conteudista” e ressaltou a importância de “não desanimar nesta semana e continuar revisando alguns assuntos”.

Para o professor de química Josinaldo Lins, “não importa como foi a primeira parte do Enem, agora chegou a decisão”. O educador ressaltou que o segundo dia do Exame é decisivo, e alguns conteúdos na parte de química podem ser essenciais para o resultado.

“O Enem é uma competição dividia em duas etapas, independentemente de como foi o primeiro dia, é preciso manter a autoestima e o foco na prova. Na prova de química, que é dividida entre Ciências da Natureza, há assuntos como estequiometria, isometria, cálculos intermoleculares, propriedades dos compostos químicos, entre outros. É essencial revisar esses assuntos para obter um resultado positivo no segundo dia”, disse.

O professor de biologia André Luiz também alerta para a relevância da segunda parte do Enem. Segundo o educador, os vestibulandos devem manter a concentração e revisar alguns conteúdos que serão abordados nas disciplinas que compõem as provas.

“O aluno que fez um primeiro dia de prova muito bom, deve manter o foco para o segundo dia. Já aqueles que estão desestimulados depois do primeiro dia, devem trabalhar o lado emocional durante a semana para que isso não influencie no resultado final. É importante saber que o Enem é um concurso feito em dois momentos, mantenha o foco, continue revisando os conteúdos, participando das aulas e indo para os aulões. O segundo dia pode decisivo para sua aprovação”, enfatizou

Segundo a terapeuta Cognitivo Comportamental Jéssica Targino, após as primeiras provas do Enem, os estudantes começam a avaliar seu desempenho na primeira etapa e costumam ir para o segundo dia de provas ainda com as atenções voltadas para o desempenho anterior. “Após passar a primeira fase do Enem, alguns estudantes entram em alguns conflitos consigo mesmo, pois começam a avaliar o seu desempenho na primeira etapa, sendo assim, preso ao que se passou e a diversos pensamentos disfuncionais. Muitos chegam até a deduzir e catastrofizar a sua situação com relação ao resultado da prova, sem ao mínimo ter a certeza dos resultados obtidos. O estudante pode ter sentimento de culpa e sensações de incapacidades nesse momento”, disse.

A especialista também recomenda que os vestibulandos regulem a ansiedade por meio de técnicas de autocontrole. “O que se recomenda é que na semana que antecede a segunda etapa o aluno procure ficar no presente, trabalhar de modo que consiga regular a sua ansiedade e emoções, sendo importante evitar estudos mais pesados nessa semana. Inclusive, é importante que o estudante continue trabalhando sua ansiedade, podendo até mesmo utilizar a técnica do acalme-se, que consiste em passos no qual trabalha o fato de permanecer no presente, aceitar e lidar com a ansiedade até que os sintomas diminuam”, concluiu.

LeiaJá também

--> Aulão 'Enem de Bandeja' será promovido nesta quinta (8)

 

COMENTÁRIOS dos leitores